Internacional

EUA. Idoso com demência abatido pela polícia

O homem de 73 anos abatido a tiro pela polícia sofria de demência

Um homem com demência foi abatido a tiro pela polícia, na Califórnia, Estados Unidos, esta segunda-feira.

Francisco Serna estava a uma cura distância de sua casa quando foi baleado por um polícia que acreditava que o mesmo estava armado.

De acordo com o LA Times, o homem não obedeceu às ordens do agente, quando este lhe pediu que tirasse as mãos dos bolsos e ficasse imobilizado. Em resposta ao sucedido, o agente, Reagan Selman disparou sete vezes contra o sujeito.

Mais tarde veio a saber-se que aquilo que estava no bolso do homem abatido era apenas um crucifixo e não uma arma.

O incidente ocorreu na madrugada de segunda-feira, pouco tempo depois de alguns vizinhos de Serna terem chamado a polícia por acharem que havia um homem a rondar o bairro, alegadamente armado.

Uma das pessoas que vivem no bairro e vizinha de Francisco Serna, tinha acabado de chegar a casa com uma amiga e, quando estava a sair do carro, o homem apareceu-lhe por trás ordenando-a que voltasse a entrar na viatura. Segundo esta testemunha, Serna tinha a mão dentro do bolso do casaco e parecia estar na posse de uma arma.