Internacional

Descoberto em França original de Leonardo da Vinci

Obra do mestre italiano estava esquecida há anos na posse de médico reformado, que o levou a leilão para fazer avaliação 

A descoberta daquele que se pensa ser um estudo para uma pintura perdida de São Sebastião, de Leonardo da Vinci, foi esta semana anunciada em França. O desenho, que segundo os especialistas deverá datar dos anos 1482-85, ou seja, do período inicial do artista, encontrava-se juntamente com outros esquecido numa pasta de cartão que um médico reformado herdara do pai.

Em março, o proprietário, que vive no interior do país e prefere permanecer anónimo, levou o conjunto de 14 desenhos que pertenciam ao pai, um bibliófilo, a uma casa leiloeira, mas sem grandes expectativas.

O diretor do departamento de desenhos da leiloeira Tajan, Thaddée Prate, teve no entanto a intuição de que este desenho poderia ser mais valioso do que parecia e mostrou-o a um especialista, que apontou o artista italiano como possível autor. Ainda assim, para não se precipitar, Prate levou a obra, que tem apenas 20 x 13 cm, a uma curadora do Museu Metropolitan de Nova Iorque, que confirmou ser Da Vinci o autor. O facto de a orientação dos traços apontar para um canhoto e a existência de esboços científicos na parte traseira da folha ajudaram a estabelecer a atribuição.

O desenho deverá ir a leilão em 2017 e está avaliado em cerca de 15 milhões de euros. Poderá no entanto nunca sair de França, caso seja declarado Tesouro Nacional e adquirido pelo Estado.