Internacional

Iémen. Bombista suicida mata mais de 52 soldados

O atentado teve como alvo a base militar de Al-Sawlaban


Um bombista suicida provocou a morte a mais de 52 soldados e deixou outros 50 feridos este domingo, na cidade de Aden, no sul do Iémen. 

O atentado teve como alvo a base militar de Al-Sawlaban e aconteceu no momento em que centenas de soldados se encontravam reunidos para receber o salário mensal naquele espaço.

O bombista terá conseguido entrar na base militar disfarçado de soldado  e juntou-se ao grupo que aguardava o pagamento junto à casa dos forças especiais de segurança, o Coronel Nasse Sarea.

O número de vítimas poderá ainda aumentar devido aos casos mais críticos, disse o chefe de saúde de Aden, Abdel Nasser al-Wali, de acordo com a AFP.

Até ao momento, ainda não houve nenhum grupo a reivindicar o ataque deste domingo.

De recordar que no passado dia 10 de dezembro, 48 soldados morreram na mesma base militar na sequência de um ataque que tinha também como algo os soldados militares. 

Os comentários estão desactivados.