Sociedade

Operação Marquês. Prazo para terminar investigação a Sócrates mantém-se

A Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, optou por manter o prazo para terminar a investigação que envolve José Sócrates.


“De acordo com informação recolhida, a Procuradora-Geral da República entende não se justificar qualquer reponderação do prazo estabelecido”, disse à agência Lusa fonte da PGR.

O fim da investigação relacionada com a Operação Marquês ficou agendada para o mês de março do próximo ano, após em setembro a PGR ter dado mais seis meses (180 dias) para a “realização de todas as diligências de investigação consideradas imprescindíveis”.

Recorde-se que este caso conta com 18 arguidos, incluindo o ex-primeiro ministro José Sócrates, que esteve preso durante mais de nove meses e que está indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para o ato ilícito.