Politica

Carlos Encarnação arrasa estratégia de Passos Coelho

“Com o caminho que levamos não vamos lá”, diz ex-dirigente do PSD

O ex-dirigente do PSD Carlos Encarnação defende que o PSD precisa de mudar de rumo e a solução pode ser a realização de um congresso extraordinário.

Em entrevista à Antena 1, o ex-autarca de Coimbra critica a estratégia de Passos Coelho. “O PSD já percebeu que enquanto continuar a dizer aquilo que está a dizer muito dificilmente, para não dizer nunca, conseguirá apoio popular que lhe dê uma maioria”.

Carlos Encarnação garante que “as pessoas estão inquietas” no PSD. “Isto não está bem. O que eu sei é que com o caminho que levamos não vamos lá”.

Para o ex-dirigente, o PSD tem que rever a estratégia, porque “sempre que se afastou do centro político perdeu”.

Encarnação desafia ainda Passos Coelho a refletir sobre se está “a contribuir para que a situação do PSD possa melhorar” ou se está a impedir que “a situação do PSD melhore”.

Um dos problemas do atual líder do PSD, diz Carlos Encarnação, é que Passos Coelho continua a agir como se fosse primeiro-ministro. “Temos um primeiro-ministro de facto e temos um primeiro-ministro de fato. O de facto é António Costa e o de fato é Passos Coelho. Está convencido que é primeiro-ministro e veste-se nas suas declarações como se fosse primeiro-ministro”.