Internacional

Malta. Armas dos sequestradores eram falsas

A informação foi confirmada pelo primeiro-ministro de Malta.


Os homens que sequestraram o avião na Líbia e o desviaram para o aeroporto de Malta, fazendo 118 reféns, tinham afinal armas falsas.

Joseph Muscat, primeiro-ministro de Malta, confirmou que as armas usadas para sequestrar o avião em direção ao aeroporto de La Valletta eram falsas.

Os dois homens que sequestraram o avião líbio renderam-se às autoridades maltesas e pediram asilo político

Os homens, membros do partido pró-Kadafi, sequestraram na manhã desta sexta-feira um avião líbio fazendo 118 reféns durante várias horas.

Os comentários estão desactivados.