Sociedade

Doente espera por cama durante seis dias nas urgências

Os doentes são mantidos em macas nos corredores do serviço de urgências.

A falta de camas no Hospital de Famalicão está a obrigar a que os doentes esperem durante dias nas urgências.

Segundo o Correio da Manhã, uma mulher foi mesmo obrigada a aguardar durante seis dias nas urgências do hospital. A administração do hospital esclareceu que a mulher teve alta na segunda-feira.

Há outros doentes que estão à espera de cama há mais de 48 horas. Segundo o CM, os doentes são mantidos em macas colocadas no serviço de urgências, o que pode pôr em causa as condições de higiene e aumentar o risco de infeções entre os doentes.