Politica

Vital Moreira acusa Bloco de "irresponsabilidade"

Ex-eurodeputado socialista critica proposta para reverter as Parcerias Público Privadas (PPP) na saúde.

O ex-eurodeputado socialista Vital Moreira considera que "a proposta do Bloco de Esquerda para acabar com as PPP existentes quanto à gestão de alguns hospitais do SNS revela mais uma vez a irresponsabilidade das suas propostas políticas e como a ideologia prevalece sobre a análise racional dos problemas".

Os bloquistas anunciaram esta semana que vão apresentar uma iniciativa legislativa para que os atuais hospitais em regime PPP passem para a esfera pública.

Vital Moreira acusa o Bloco de demagogia. "É evidente que, contrariamente às contas demagógicas apresentadas, a eventual reversão dessas PPP não faria o orçamento do SNS beneficiar dos 450 milhões pagos às empresas privadas em causa, visto que as despesas desses hospitais passariam a ser encargo direto do Estado", afirma, no blogue Causa Nossa, o ex-deputado socialista.

Só faria sentido "equacionar a cessação geral das PPP "se se provasse, em todos os casos, que elas não cumprem efetivamente as vantagens que as justificam", acrescenta o constitucionalista. 

Vital Moreira defende que "se bem negociadas e implementadas, as PPP podem ser uma mais valia e não um prejuízo para o SNS". 

O deputado do BE Moisés Ferreira defendeu esta proposta com o argumento de que “não podemos continuar a canalizar centenas de milhões de euros para privados quando esse dinheiro faz tanta falta ao nosso SNS. Não podemos gastar 450 milhões de euros por ano em PPP na saúde". Os bloquistas afirmam que "o orçamento da saúde não pode ser uma renda para negócios privados.