Politica

Fernando Medina. "Mário Soares é um homem maior da vida portuguesa"

O presidente da câmara de Lisboa foi outra das personalidades políticas a prestar condolências à família de Mário Soares, este sábado, no hospital da Cruz Vermelha.

"Mário Soares é um homem maior da vida portuguesa", afirmou Fernando Medina, acrescentando que se trata de um dia "muito triste para a cidade e para todo o país".

Para o autarca, o histórico socialista é alguém a quem "devemos muito": "devemos a nossa vida democrática, devemos o facto de viver em liberdade. Devemos muito do que é o respeito pela tolerância no nosso país, do que é o sentido de justiça social e do progresso que o nosso país tem hoje".

Medina falou ainda na "dívida maior" que a sua geração, que "sempre viveu em liberdade", tem para com o antigo Presidente da República. "Nós não conhecemos a privação de liberdade".

Descreveu ainda o fundador do PS como alguém com "um lugar marcado na história do país e seguramente na história do último século". "Não há palavras que sejam suficientes para lhe agradecer tudo o que nos deixa".

"Mas há talvez uma coisa que possamos fazer", acrescentou o presidente da câmara da capital. "Lutarmos pelos valores que nos unem enquanto portugueses e que fazem com que, da esquerda à direita, todos os quadrantes hoje no país lhe prestem homenagem: a liberdade, a democracia, a tolerância, a ambição de justiça e de desenvolvimento".