Economia

Desemprego na zona euro estável

O desemprego na zona euro manteve-se em novembro de 2016 no mesmo valor de outubro. Em Portugal baixou de 10,6% para 10,5%. 

De acordo com o Eurostat, a taxa de desemprego na zona euro foi de 9,8% em novembro, mantendo-se estável em relação a outubro e descendo por comparação com os 10,5% de novembro de 2015. Este é o valor mais baixo desde julho de 2009.

Em Portugal a taxa baixou de 10,6% em outubro para os 10,5% em novembro do ano passado. Um ano antes a marca estava nos 12,3%. Assim, em novembro último havia 534 mil pessoas desempregadas em Portugal.

O gabinete de estatísticas da União Europeia revela que em novembro havia quase 20 milhões e 500 mil pessoas sem emprego, 15 milhões e 900 mil delas nos 19 países que partilham a moeda única.

Comparando com outubro de 2016 havia menos 15 mil pessoas desempregadas em novembro, e em relação a novembro de 2015 eram menos 972 mil pessoas desempregadas.

As taxas de desemprego mais baixas foram na República Checa (3,7%) e na Alemanha (4,1%), enquanto as mais altas foram na Grécia (23,1%) e em Espanha (19,2%).