Economia

VW bate recorde de vendas

A Volkswagen (VW) anunciou que vendeu, em todo o mundo, 10,3 milhões de carros no ano passado, um novo recorde para a marca alemã. 

As vendas do grupo VW, que inclui ainda a Audi, Porsche e Skoda, aumentaram 3,8% em 2016, o que transportou o grupo para vendas acima dos 10 milhões de unidades, depois de em 2015 o número ter baixado para 9,93 milhões

Os resultados chegam numa altura que a construtora se debate com o escândalo da falsificação de emissões de gases poluentes. Em 2015 a VW admitiu ter instalado software que adulterava os resultados das emissões em 11 milhões de automóveis movidos a gasóleo.  

“2016 foi um ano muito difícil para nós. Demos passos para resolver e superar a crise ao mesmo tempo que começámos um processo de mudança estrutural”, disse o CEO da VW, Matthias Mueller, em comunicado, citado pela agência AFP.

A marca alemã mudou o foco para as energias limpas e ambiciona ser o líder nos veículos eléctricos em 2025.

O aumento das vendas do grupo em 2016 teve maior expressão na China, 12%, e na Europa foi de 4%. Nos EUA houve uma diminuição de 2,6%.

A marca VW viu as vendas subirem 2,8% e atingirem quase seis milhões de unidades em 2016.

A Toyota, grande rival da VW, ainda não revelou os seus resultados do último ano, mas no mês passado aponta para 10,09 milhões de veículos vendidos em 2016. Um resultado que colocaria a construtora japonesa como segunda maior do mundo, atrás da VW.