Sociedade

Snowden participa em conferência no Estoril

O analista de sistemas norte-americano Edward Snowden, refugiado na Rússia depois de ter revelado publicamente dados relativos a ações de vigilância promovidos a nível global e secretamente pela Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos é um dos oradores da 5.ª edição das conferências do Estoril, marcadas para 29 e 30 de Maio.

DR  

Snowden vai participar no encontro através de videoconferência, explicou ao i o vice-presidente da câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz, promotora do evento, este ano subordinado ao tema Migração Global - o grande desafio do século XX.

Os Estados Unidos há muito que pedem a extradição de Edward Snowden, sobre quem recai a acusação de traição, crime que pode ir até uma condenação à morte.

Ao 'lado' do 'fugitivo' norte-americano vai estar o realizador norte-americano Oliver Stone, outra das presenças já confirmadas na conferência. Stone foi o realizador do filme Snowden, que conta precisamente a história do antigo administrador de sistemas da CIA e ex-contratado da NSA.

Além destes, na conferência vão estar os juízes Baltazar Garçon e Carlos Alexandre.

Confirmada está também a presença da ativista grega Lora Pappa, recentemente galardoada como o prémio Norte-Sul 2015 do Conselho da Europa, em cerimónia que decorreu na Assembleia da República com a presença do Presidente Marcelo rebelo de Sousa. Pappa é a fundadora da organização não-governamental METAdrasi, que se dedica a apoiar e encaminhamento de migrantes e refugiados, sobretudo aos grupos mais vulneráveis como as crianças e menores.

No Estoril vai estar ainda Nigel Farage, o líder do UKIP, partido que fez campanha a favor da saída do Reino Unido da União Europeia e um dos principais obreiros da vitória do 'brexit'.

A 5.ª edição conta ainda com a presença de oradores como Sofana Damlan e Susan Martin, Sergio Moro e Antonio di Pietro