Desporto

Hóquei em patins. Sporting nega agressões em jogo da Liga Europeia

Italianos do Forte dei Marmi queixam-se de comportamento violento dos jogadores leoninos

O Sporting negou qualquer tipo de agressão dos seus jogadores a elementos do Forte dei Marmi, após o jogo disputado em Itália a contar para a Liga Europeia de hóquei em patins.

"A secção de Hóquei em Patins do Sporting CP vem por este meio repudiar todas e quaisquer alegações de violência por parte dos seus atletas. Ao contrário do que tem sido passado para a opinião pública, não foram os jogadores do Sporting CP quem iniciou a confusão no final da partida. No final do jogo, e como pode ser facilmente comprovado pelas imagens entretanto divulgadas, os nossos atletas estavam perfilados para os habituais cumprimentos aos adversários quando, inesperadamente, o jogador do Forte dei Marmi, Enric Torner, numa atitude de enorme falta de fair-play, se deslocou de perto da tabela para junto de André Girão, provocando-o e simulando uma suposta agressão, o que deu origem à confusão posteriormente verificada", escreveu o clube leonino em comunicado.

Na mesma nota, os leões acusam os jogadores da equipa adversária de "comportamento provocatório" e referem ainda que o jogo decorreu num clima de ambiente hostil e sem policiamento.