Politica

Assis sugere eleições antecipadas

Eurodeputado diz que o país caminha para "um verdadeiro impasse". 

Assis, num artigo no jornal Público em que aborda a divisão entre o PS e os partidos à sua esquerda sobre a descida da TSU para as empresas, considera que "o país parece caminhar para um impasse" e o governo "corre o sério risco de se instalar numa situação de paralisia". 

Perante este cenário, o socialista entende que a única saída passa pela realização de eleições legislativas antecipadas. "Curiosamente, se elas se realizassem no curto prazo provavelmente proporcionariam ao PS a possibilidade de obter a legitimidade que agora não tem para agir, de facto, como partido charneira nesta fase da nossa vida democrática", afirma.

Francisco Assis foi dos socialistas que mais contestou a opção de António Costa de fazer uma aliança com o PCP e o Bloco de Esquerda. O eurodeputado, em entrevista à Antena 1, alerta que "há um conjunto de questões fundamentais em que esta maioria subitamente desaparece". 

"Há questões de fundo em que não há possibilidade de nenhum entendimento à esquerda. O país muito rapidamente vai chegar a uma situação de um profundo impasse que vai colocar em causa a estabilidade política", afirmou o eurodeputado do PS, garantindo que "há sinais claros de que poderemos estar a caminhar para uma situação de verdadeiro impasse na vida política portuguesa".