Sociedade

Junta de Freguesia junta-se a PSP para responder aos problemas da noite lisboeta

Presidente da Junta da Estrela apresentou plano depois de queixas dos moradores pelo lixo e ruído das atividades nocturnas


Depois de múltiplas queixas por parte de moradores devido ao amontoar de lixo e excesso de barulho durante noite, e até agressões às equipas de limpeza que vêm de manhã, a Junta de Freguesia da Estrela foi obrigada a agir. 

A partir da uma da manhã de hoje, o ambiente nocturno em Santos terá mais limpeza e vigilância policial. A Junta garantiu que mais quatro agentes da Polícia de Segurança Pública vão passar a guardar a área durante as madrugadas de fim-de-semana. As equipas de higiene urbana, que têm um convívio pouco feliz com os noctívagos, com vários desentendimentos reportados, também começarão a trabalhar mais cedo, de modo a remover o excesso de lixo. 

"Cientes da ansiedade provocada por qualquer fragilidade na segurança pública, a Junta de Freguesia da Estrela tem desenvolvido inúmeras acções inovadoras dirigidas ao reforço do policiamento de proximidade e consequente aumento da segurança publica na Estrela", escreveu o presidente da Junta da Estrela, Luís Newton, na sua página oficial.