Vida

Criança de 11 anos acusada de violar amigos na escola

Jovem deverá ser condenado a reabilitação 

O caso ocorreu no Reino Unido e está agora a ser julgado em tribunal. Um menino com apenas 11 anos está a ser acusado de abusar sexualmente de vários amigos na escola, todos eles rapazes.

O escândalo foi descoberto quando uma das crianças começou a simular cenas de sexo com legos e a professora fez questão de alertar os pais. Mais tarde, o menino confessou ter sido vítima de abusos por parte de um colega.

Surgiram também outras vítimas de crimes semelhantes, que ocorriam quando os rapazes saiam da escola e passavam tardes juntos em casa.

A criança acusada de violar os amigos ameaçava-os e pedia-lhes que não contassem nada a ninguém.

Agora, em tribunal, a mãe do menor foi ouvida e alegou que a criança não tinha uma boa educação em casa. Contou ter sido mãe muito cedo e disse ter muitas dificuldades em educar a criança. O menino foi diagnosticado com défice de atenção e mostra também alguns sinais de autismo.

Mais tarde, em tribunal, confessou que via muita pornografia e que isso o levou a repetir os atos que via nos vídeos. O rapaz, hoje com 13 anos, está a ser julgado em Sunderland e, segundo declarações do juiz na primeira audiência, deverá ser condenado a reabilitação numa instituição apropriada para este tipo de casos.