Vida

Revista Cristina vai acabar ou não? Apresentadora confessou tudo

"'Não se metam com a 'saloia' da Malveira!", avisa Manuel Luís Goucha

Na semana passada foi lançado um tema que gerou polémica: o fim da revista Cristina.

A notícia surge numa altura em que apresentadora se encontrava a passar férias na Tailândia e ao chegar a Portugal, Cristina Ferreira decidiu esclarecer todas as dúvidas ao final da tarde desta terça-feira numa conferência no hotel de Cristiano Ronaldo. A mesma foi transmitida em direto na sua página de Facebook para todos os seguidores poderem acompanhar o seu discurso.

“A parceria com a Masemba acaba, mas a revista Cristina continua. E continua porque nunca foi equacionado sequer o fim da revista Cristina” disse a apresentadora realçando que a partir de agora seria ela a sua própria editora.

A apresentadora explicou que vai chegar a terceira série da revista, agora, com uma editora nova no mercado e para além disso eis que surgem mais novidades. A revista Cristina vai ter “uma aplicação que pode ser lida mundialmente, em português e em inglês, e que será lançada no dia em que a revista for para as bancas”.

Manuel Luís Goucha também já se pronunciou nas redes sociais, acabando por afirmar que está feliz pela sua companheira das manhãs da TVI e que Cristina Ferreira não fica por aqui:

"Do que eu estava mesmo à espera era do dia de hoje, que lá diz o povo: 'quem ri por último, ri melhor!'. Regressada de curtas férias, convocou a imprensa para as sete horas deste dia sete para anunciar o que só os que verdadeiramente a conhecem pressentiam: a revista Cristina é para continuar, tal como a sabemos: em papel, tinta, impressão, verdade, desafio, paixão. A partir de agora é a própria Cristina quem assume totalmente o risco (acham porventura que tal decisão foi tomada de um dia para o outro ou durante as férias?) consciente de que o falhanço faz parte do jogo maior”.

'Não se metam com a 'saloia' da Malveira! Eu, que a amo, sei que não vai ficar por aqui. 'E o que vier será sempre melhor!'", realçou Manuel Lúis Goucha na sua publicação.