Internacional

EUA. Autoridades detiveram mais de 600 imigrantes

Os detidos representavam ameaça à segurança pública

O secretário da Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kelly, avançou, em comunicado, que “aproximadamente 75% dos mais de 600 detidos eram ‘imigrantes delinquentes. Os "criminosos" estavam "condenados por vários delitos, entre os quais homicídio, abuso sexual, assalto sexual a um menor, atos lascivos ou indecentes a menor, narcotráfico, agressão física, assalto, abuso de álcool e acusações relacionadas com armas"’.

Os 680 detidos pelo Serviço de Imigração e Aduaneiro "representavam uma ameaça à segurança pública, à segurança fronteiriça ou à integridade do sistema migratório dos Estados Unidos", insistiu o chefe do Departamento de Segurança Nacional.

De acordo com os números divulgados pelas autoridades, 235 dos detidos estavam no Estados de Ilinóis, Indiana, Wisconsin, Kentucky, Kansas e Missouri. Os outros 190 foram detidos na Georgia, na Carolina do Norte e Sul, outros 161 em Los Angeles,41 em Nova Iorque e 28 no Texas.