Sociedade

Presidente da Câmara de Vila Verde detido

Em causa estão suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária de Braga deteve o presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, e o dono da Escola Profissional Amar Terra Verde, João Luís Nogueira.

De acordo com o Jornal de Notícias, em causa estão suspeitas de corrupção e prevaricação na alienação 51% do capital da Escola profissional Amar Terra Verde (EPATV) fundada pelos municípios de Vila Verde, Amares e Terras de Bouro a uma empresa privada, num caso que remonta a 2013.

Mas este contrato não é o único a ser investigado, a concessão do estacionamento à superfície e a construção de um parque de estacionamento à Sociparque, uma firma de Braga ligada ao setor da construção civil, estão também a ser analisados pelas autoridades.

Os detidos deverão ser ouvidos ainda esta quarta-feira pelo Ministério Público e pelo Juiz de Instrução.