IGCP

Leilão de dívida com recorde de juros negativos

Portugal emitiu 1250 milhões de euros em dívida de curto prazo em leilão com o juro mais baixo de sempre. 

No leilão a 11 meses, o IGCP conseguiu emitir mil milhões de euros, tendo pago um juro médio de -0,096%. No prazo de três meses foram leiloados 250 milhões de euros em bilhetes de tesouro com juros de -0,211%. 

Nos últimos leilões comparáveis, realizados a 19 de outubro, o Instituto de Gestão do Crédito Público colocou 1250 milhões de euros com juros de -0,012% a três meses e juros de 0,06% no prazo a 11 meses.

A Instituição liderada por Cristina Casalinho conseguiu colocar o máximo pretendido - de 1250 milhões de euros - com a procura a superar amplamente a oferta.