Sociedade

Grupo promove cordão humano contra Acordo Ortográfico

O cordão irá ligar a Academia das Ciências de Lisboa e o Tribunal Constitucional, uma distância de cerca de 300 metros. 

Realiza-se amanhã, pelas 17h00, um cordão humano entre a Academia das Ciências de Lisboa (ACL) e o Tribunal Constitucional promovido pelo grupo Em aCção contra o Acordo Ortográfico.

O objetivo desta iniciativa é "apoiar as recentes iniciativas da ACL com vista a assinalar, junto do poder político, os extensos atropelos à Língua contidos no Acordo Ortográfico de 1990 (AO90)", revela um comunicado citado pela agência Lusa.

O cordão irá ligar a ACL e o Tribunal Constitucional, uma distância de cerca de 300 metros. 

"Não tragam quaisquer símbolos que remetam para qualquer tendência política ou filiação partidária, tais tipos de participação (e apropriação de uma Causa transversal!) serão repudiados", refere a organização desta iniciativa na página no Facebook criada para promover o evento.

Para saber mais sobre esta iniciativa, clique aqui