LifeStyle

Existem cada vez menos mulheres com cargos de liderança em empresas tecnológicas

Empresas afirmam ter planos para inverter esta tendência.


Nos últimos anos, a diversidade de género das forças laborais de empresas tecnológicas, tem sido, por muitas vezes, motivo de debate. As principais empresas da área dizem estar a ter iniciativas que ajudam a elevar o seco feminino nas posições de liderança, mas a verdade é que não é isso que se vê.

Segundo um relatório com o nome de “Startup Outlook”, o número de mulheres em posições de liderança dentro de empresas tecnológicas diminuiu este ano. Das 9541 empresas inquiridas, cerca de 70% admite não ter uma única mulher no seu conselho de administração – um número superior aos 60% do ano passado.

Contudo, as empresas afirmaram que têm planos para inverter esta tendência.

Apesar disso, as empresas inquiridas afirmaram que têm planos para inverter a tendência, não só no que diz respeito à diversidade de género como também na étnicas, outro desafio para as empresas tecnológicas.