LifeStyle

Acabou agora uma relação? Está proibido de...

Quando uma relação termina, seja a bem ou a mal, é sempre difícil dar seguimento à vida. Especialmente logo no início, quando temos a sensação de que nada vai voltar a ser igual.


Ninguém está a dizer que não é preciso dar um tempo a si mesmo, mas há coisas que deve evitar fazer. O psicólogo Guy Winch fez uma lista de atitudes que não deve ter após o fim de um relacionamento:

1. Não se martirize: as pessoas têm tendência a ser extremamente duras consigo quando uma relação terminou há pouco tempo. Insultam-se, fazem listas de todos os seus defeitos, relembram outras rejeições pelas quais já passaram, etc. Isso só vai piorar o seu estado de espírito. Não se martirize e adopte um comportamento de compaixão. Por exemplo, tenha a mesma atitude consigo que teria com um amigo que estivesse a passar pelo mesmo.

2. Cismar com os erros: é provável que tenha cometido erros no seu relacionamento e por mais tentador que seja cismar com eles ou estar constantemente a analisá-los, não o faça. Só vai atrasar a sua “recuperação emocional”. Lembre-se que toda a gente comete erros, só tem de os ultrapassar.

3. Idealizar a pessoa que o deixou: Páre de pensar que a pessoa que o deixou era “o tal” ou que nunca vai encontrar ninguém tão bom. Se essa pessoa o magoou, é porque não o merece. Ou as coisas podem simplesmente não ter corrido bem e se terminaram, com certeza que foi pelo melhor. Em qualquer das hipóteses, tem de parar de idealizar essa pessoa ou a relação. Seja realista quanto àquilo que aconteceu e quanto aos defeitos que a relação e as pessoas efectivamente têm para poder “recuperar” mais rapidamente.

4. Fugir de outras oportunidades: depois de terminar uma relação, não deve logo “entrar” noutra. Tem de dar tempo a si mesmo para recuperar e para fazer o luto. Mas se o relacionamento que terminou foi de pouca duração, por exemplo de dois meses, não deve demorar seis meses até voltar a envolver-se com outra pessoa. Dê um tempo razoável a si mesmo e depois comece a olhar à sua volta.

5. Deixar de fazer aquilo que gosta: numa primeira fase, assim que a relação terminou, é normal que deixe de fazer aquilo de que gostava mas, tal como no ponto anterior, tem de estabelecer um limite de tempo para voltar as coisas que lhe davam prazer. Voltar a fazer aquilo que gostava até é uma maneira de ultrapassar o que aconteceu mais rapidamente.

6. Afastar-se das pessoas que gostam de si: muitas pessoas afastam-se de toda a gente depois do final de um relacionamento. É normal que queira estar sozinho para pôr as ideias em ordem mas não deve fazê-lo por um tempo ilimitado. Deve rodear-se das pessoas que se preocupam e gostam de si, até para poder voltar a ser quem era mais rapidamente. Mesmo que não tenha vontade, convide os seus amigos e familiares para irem a sua casa ou vá jantar fora com eles. E se não se tem forças para falar sobre o que aconteceu, peça-lhes para não tocarem no assunto.

7. Ter coisas à sua volta que lhe relembram o relacionamento: por vezes é difícil largar ou deitar fora coisas que fazem lembrar o ex ou a relação em si, como por exemplo fotografias, mensagens, presentes, etc. O problema é que estes objectos estão constantemente a relembrá-lo daquilo que perdeu e é extremamente doloroso. Aos poucos, comece a arrumar ou a deitar fora estes objectos que o estão a impedir de seguir com a sua vida em frente.