Internacional

Kim Dotcom vai ser extraditado para os EUA

O fundador do portal Megaupload está acusado de pirataria informática.

Kim Dotcom, o excêntrico fundador do site Megaupload, vai mesmo ser extraditado para os Estados Unidos.

O tribunal da Nova Zelândia decidiu que Kim Dotcom é elegível para ser extraditado com acusações de pirataria referentes ao Megaupload, site entretanto extinto.

A justiça americana acusa Dotcom e outros três sócios de 13 crimes de pirataria informática, crime organizado e lavagem de dinheiro. O site Megaupload terá conseguido lucros de 175 milhões de dólares alojando conteúdos ilegais.

Os advogados de Kim Dotcom já anunciaram que vão recorrer da decisão do tribunal neozelandês.