Desporto

Egito. Tribunal confirma dez penas capitais pela tragédia de Port-Said

Tumultos em 2012, no jogo entre o Al-Masri e o Al-Ahly, na altura treinado por Manuel José, causaram 74 mortes

O Tribunal Superior do Cairo confirmou nesta segunda-feira a pena de morte imposta em 2015 a dez adeptos que estiveram envolvidos, a 1 de fevereiro de 2012, nos tumultos no Estádio Port-Said que provocaram 74 mortos no decorrer do jogo entre o Al-Masri e o Al-Ahly, então orientado por Manuel José.

Os dez adeptos em causa já tinha sido condenados a pena capital em 2015, mas só agora viram confirmada a sentença, que engloba ainda mais um adepto... entretanto fugido à justiça.