Desporto

Liga dos Campeões. Guardiola rendido a Bernardo Silva

Técnico do Manchester City diz que o internacional português é "fantástico"

Pep Guardiola só tem elogios para o Mónaco de Leonardo Jardim. Na véspera do duelo com os monegascos, para os oitavos de final da Liga dos Campeões, o treinador do Manchester City não escondeu a admiração pelo trabalho do treinador português.

"Não precisava de um resultado como o do PSG-Barcelona para conhecer o nível do futebol francês. Como espectador estou muito impressionado com o Mónaco. Fisicamente fortes. Os laterais jogam como extremos, os extremos jogam como avançados. São matadores na área. Só tenho elogios, são uma grande equipa, que precisa de poucas oportunidades para marcar. Estou muito impressionado. É bonito e agradável de ver, são solidários. As suas maiores estrelas correm como os jogadores mais humildes", atirou o técnico catalão, destacando dois jogadores em particular: "Os seus extremos, Lemar e Bernardo Silva, são fantásticos!"

Guardiola não esqueceu ainda Falcao, que voltou à melhor forma após três épocas de calvário. "Fez um trabalho fantástico no Atlético de Madrid mas depois teve azar com as lesões. O estilo de jogo da equipa é perfeito para ele. É um grande profissional e estou muito feliz por ter voltado a este nível", salientou o treinador dos Citizens, dizendo-se ainda feliz por saber que Marcelo Bielsa, que considera "o melhor treinador do mundo", vai voltar ao ativo (assinou com o Lille a partir da próxima temporada): "A minha admiração por ele é enorme, porque melhora muito os seus jogadores. Nunca conheci um jogador que tenha estado com Bielsa e não fale bem dele. Para mim, é o melhor treinador do mundo."