Sociedade

PSP e Raul Brandão vão ter moedas de dois euros

Finanças aprovaram emissão de moedas correntes comemorativas

Este ano vai haver duas edições especiais de moedas de dois euros em circulação no país.

O Ministério das Finanças aprovou a emissão de moedas correntes comemorativas associadas a duas efemérides.

Por um lado, assinala-se este ano o 150.º Aniversário da Segurança Pública em Portugal. Numa portaria publicada hoje, o Secretário de Estado Adjunto, do Tesouro e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, justifica esta emissão com “a institucionalização da segurança pública, enquanto valor civilizacional para a vida em sociedade”.

A segunda moeda de dois euros assinalará o 150.º Aniversário do Nascimento de Raul Brandão, “prestigiado dramaturgo que viveu na freguesia de Nespereira entre 1896 e 1930”, diz o diploma, acrescentando tratar-se de um “vulto muito importante na literatura portuguesa do século XIX”. Ao todo a Imprensa Nacional da Casa da Moeda está autorizada a cunhar até 20 mil moedas de cada, no valor de 1 040 000 respetivamente.

A portaria avança desde já detalhes sobre as moedas.

- Na face nacional da moeda designada «150 Anos da Segurança Pública», a representação dos «cidadãos» por duas silhuetas humanas, uma feminina e outra masculina, um conjunto de casario a representar o país em geral e as suas cidades em particular, zonas de intervenção da PSP, o emblema da PSP embora simplificado, e as expressões «Direitos» «Liberdades» «Garantias», e, na orla, as legendas «1867.2017 Segurança Pública», «INCM» e a indicação do autor, envolvendo todo o desenho, encontram-se as 12 estrelas, dispostas em forma circular, que representam a União Europeia, tendo a moeda com acabamento especial do tipo «Provas numismáticas» (proof) cor nas silhuetas humanas e no casario;

- Na face nacional da moeda designada «150 Anos do Nascimento de Raul Brandão», encontra-se representada a efígie de Raul Brandão, desenho original do autor sintetizado a partir da informação fotográfica. Com a cabeça na posição vertical, voltada para o lado esquerdo, usando um «chapeirão» e um laço de gravata, de seu uso característico, com expressão serena e olhar perdido. Do lado esquerdo, a legenda vertical «Raul Brandão 1867 2017», circundada com a indicação do autor e as legendas «INCM» e «Portugal», envolvendo todo o desenho, encontram-se as 12 estrelas, dispostas em forma circular, que representam a União Europeia.