Desporto

Clube chinês admite interesse em Mitroglou e nega Bas Dost

Haizhe Huang, administrador-executivo do Tianjin Quanjian, abriu o jogo em declarações ao jornal "A Bola"

Afinal, e ao contrário do que o treinador do Tianjin Quanjian, Fabio Cannavaro, havia referido nesta quarta-feira, o clube chinês esteve mesmo interessado em comprar Mitroglou, avançado grego do Benfica. A confissão foi feita por Haizhe Huang, administrador-executivo dos chineses, ao jornal "A Bola".

"Confirmo que queríamos contratar Mitroglou. Era o nosso objetivo em Portugal", afirmou o dirigente chinês, referindo ainda não ter sido possível contratar o jogador grego mas sem explicar o motivo - tudo indica que tal se tenha devido exclusivamente à vontade do próprio avançado, pois o clube chinês estava disposto a pagar o valor da cláusula de rescisão (45 milhões de euros).

Nas mesmas declarações, Haizhe Huang esclareceu ainda não haver qualquer interesse do Tianjin Quanjian em avançar para a contratação de Bas Dost ao Sporting.