LifeStyle

Estudo diz que melhores alunos fumam menos, mas bebem mais

Uso de canábis é mais frequente do que tabaco 

De acordo com um estudo publicado na revista British Medical Journal Open, os melhores alunos têm menos probabilidade de fumar tabaco, mas tendem a beber mais álcool e a escolherem canábis, ao contrário do que acontece com os piores alunos. 

Segundo a CNN, a investigação levada a cabo pela UCL Medical School, recorreu a questionários sobre o uso do tabaco, canábis e álcool junto a mais de seis mil jovens, com idades compreendidas entre os 11 e os 20 anos.

No início da adolescência os melhores alunos tinha mais tendência a beber álcool, mas à medida que envelheciam, a tendência manteve-se e os bons alunos mostravam-se ainda mais propensos ao consumo de bebidas alcoólicas.

O uso de canábis em vez do tabaco tradicional também se verificou em 50% dos jovens. 

De acordo com os investigadores, em declarações à CNN, o facto de os bons alunos apresentarem um desenvolvimento cognitivo maior, faz com que sejam mais curiosos face a novas experiências. Para além disso, existe a ligação entre as boas notas e as melhores condições financeiras, o que faz com que a obtenção de álcool e de drogas seja mais fácil.