Politica

Offshores: Galamba acusa CDS de ocultar dados

João Galamba trouxe números para o debate de atualidade sobre o caso das offshores que desmentem os dados apresentados pelo ex-governante do CDS Paulo Núncio na audição desta manhã na Comissão de Orçamento e Finanças.


Paulo Núncio tinha afirmado várias vezes ao longo da manhã que as transferências do país para paraísos fiscais tinham baixado durante o anterior Governo. Mas João Galamba afirma que essa é apenas meia verdade. Faltou Núncio mostrar a comparação com o ano anterior a Pedro Passos Coelho tomar posse como primeiro-ministro.

"As transferências para offshores aumentaram todos os anos mais 25% do que em 2010", vincou o deputado do PS, explicando que esse aumento se verificou desde 2011 até 2014.

"É falso que as transferências para offshores tenham baixados", apontou João Galamba.

"Não foi um bocadinho", vincou Galamba, afirmando que "o CDS passou três horas a omitir esse dado".

João Galamba quis por isso saber se a deputada do CDS Cecília Meireles "retira tudo o que disse sobre as transferências terem baixado em relação ao passado e isso ser um sinal de eficácia no combate à evasão fiscal".

Um repto que a deputada centrista se recusou a aceitar, assegurando que não houve mentira porque Paulo Núncio só se referiu ao período entre 2011 e 2014 porque esse era o período em análise na audição.

"Não há mentira nenhuma", declarou Cecília Meireles.

 

 

 

Os comentários estão desactivados.