Sociedade

Árbitro Jorge Ferreira teme pelo bem-estar da família após estabelecimento do pai ser vandalizado

Taberna do pai do árbitro Jorge Ferreira foi vandalizada na passada madrugada. 

A Taberna da Esquiça, em Fafe, foi vandalizada durante esta madrugada. A taberna é do pai do árbitro Jorge Ferreira, que dirigiu na passada terça-feira o Estoril-Benfica da Taça de Portugal em que os encarnados venceram por 1-2.

Segundo fontes do Jornal de Notícias, numa das paredes do estabelecimento surgiu a inscrição "Aqui venera-se Calabote", com a sigla dos Super Dragões e o ano de fundação da claque do Futebol Clube do Porto, 86.

Jorge Ferreira tinha estado a comemorar o aniversário do pai na taberna e foi já depois de ter saído que foi notificado sobre o que havia acontecido do. Segundo o Jornal de Notícias, o árbitro Jorge Ferreira disse que o pai tinha ali “uma prenda”. Jorge Ferreira garantiu ao mesmo diário que nada o irá demover de continuar a sua profissão mas admitiu temer pela família. "Eu não tenho medo mas temo pela integridade física dos meus mais próximos e sinto-me triste e cansado porque luto todos os dias e quero sempre fazer o melhor, mas acho que já não posso fazer o que gosto. Nada me vai demover da minha paixão", desabafou.

A GNR esteve no local e agora será apresentada queixa formal às autoridades.

Os Super Dragões já haviam estado em fevereiro do ano passado no mesmo estabelecimento onde fizeram ameaças ao dono da taberna.