Sociedade

Táxistas desconvocam protesto contra Uber e Cabify

A Federação Portuguesa do Táxi (FPT) desconvocou, esta quarta-feira, a vigília marcada para amanhã contra as plataformas Uber e Cabify


O protesto em forma de vigília marcado para quinta-feira entre as 8h e as 13h, em frente ao Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT), em Lisboa, foi desconvocado, segundo um comunicado enviado às redações.

"A FPT acaba de receber a garantia do Presidente do IMT-Instituto da Mobilidade e dos Transportes que serão resolvidos todos os problemas identificados para o “regular cumprimento da lei 35/2016, até ao próximo dia 30 de março”, lê-se no comunicado. 

"Em conversa telefónica com o presidente da FPT, o Presidente do IMT [Instituto de Mobilidade e dos Transportes] deu a palavra de que estamos a viver um processo de boa-fé entre instituições, razão que leva a FPT a desconvocar a concentração – vigília marcada para amanhã", justificam os taxistas.