Energia

PM da Austrália reúne com Musk

O primeiro-ministro da Austrália conversou com o CEO da Tesla sobre a sua promessa de resolver os problemas de energia do sul do país em 100 dias ou disponibilizar a tecnologia de forma gratuita. 

Elon Musk prometeu resolver os problemas de energia da Austrália Meridional, atingida no ano passado por ventos de uma tempestade “sem precedentes” que arrancou as torres de eletricidade do chão e deixou este estado australiano sem qualquer energia.

Através do Twitter, os responsáveis da Tesla afirmaram que seriam capazes de garantir produção suficiente para resolver o problema energético daquele estado no sul da Austrália, com os novos painéis solares Powerwall 2 em 100 dias.

Na mesma rede social o fundador da startup de software australiana Atlassian, Mike Cannon-Brookes, perguntou se a declaração era para levar a sério e afirmou que, para além de abordar o governo estadual iria tentar juntar o dinheiro necessário através de privados.

A resposta veio de um tweet do próprio Musk: “A Tesla deixa o sistema instalado e a funcionar 100 dia depois da assinatura do contrato ou é grátis. É suficientemente sério para si?”.

A conversa despertou o interesse do chefe do governo da Austrália, que ontem revelou ter falado com o líder da Tesla. Malcom Turnbul disse que teve uma “excelente e profunda conversa sobre armazenamento de energia e o fornecimento de electricidade acessível e fiável”.

Por seu lado, Musk estar muito entusiasmado com o debate “sobre o futuro da eletricidade”. Segundo o empresário, energias “renováveis mais os armazenamentos” serão a grande disrupção desta indústria.