Sociedade

Algarve. JSD quer que Via do Infante deixe de ser autoestrada e fim das portagens

A Juventude Social Democrata do Algarve enviou uma missiva aos 16 presidentes de Câmara da região para reverter a estrada nacional 125 para estradas municipais e pedindo que a autoestrada do Algarve (A22) seja por decreto-lei convertida numa estrada nacional. 

Os jovens sociais-democratas algarvios lembram que “desde a introdução do pagamento de portagens na A22, os valores de sinistralidade aumentaram consideravelmente”.

Turismo sim, mas digno

O facto de o Algarve receber “milhões de turistas” torna, do ponto de vista da ‘jota’, fundamental que a região tenha “uma estrada nacional digna e plena de condições”

De acordo com a JSD, “diversos autarcas, deputados e estruturas distritais e locais de diversos partidos políticos do distrito” apelaram ao ministro do Planeamento, Pedro Marques, para a necessidade de melhorar a atual N125.