Sociedade

Portugueses entre os que mais atualizam as apps

Instalamos mais aplicações que a maioria, mas não temos o hábito de ir apagando o que não interessa

 

A tendência par acumular aplicações no telemóvel é global, mas há quem tenha mais cuidado em mantê-las atualizadas. Portugal está no topo dessa lista, revela um estudo da Kaspersky Lab que motra que 62,5% dos portugueses admite atualizar as apps e sistemas operativos de acordo com as recomendações.

Somos também dos países que mais aplicações instala por mês: 18, em vez das 12 da média global dos 17 países analisados. Além de muitas aplicações, não existe ainda o hábito de rever a sua importância para o consumidor. Assim, apenas 54,4% dos utilizadores portugueses revê com regularidade os conteúdos que tem no seu dispositivo e apaga documentos e aplicações que já não utiliza.

As conclusões a que se chegou são parte de um novo relatório elaborado pela Kaspersky Lab chamado “Digital Clutter e os seus perigos”. O estudo é baseado num inquérito online que contou com a participação de mais de 16 mil pessoas em 17 países (Portugal, Espanha, Holanda, República Checa, Hungria, Turquia, Israel, Japão, México, Colômbia, Brasil, EUA, Rússia, EAU, Índia, Indonésia e Vietname)