Internacional

Francisco Lu-Olo é o novo presidente de Timor-Leste

Candidato apoiado pela Fretilin e CNRT foi eleito à primeira volta

Francisco Guterres Lu-Olo vai ser o próximo presidente de Timor-Leste. Com cerca de 90% dos votos contabilizados, o candidato já liderava a contenda eleitoral, com 57,42%, contra os 32,29% do seu adversário, António da Conceição.

Uma vez que a lei eleitoral timorense estipula que o candidato que conseguir reunir mais de 50% dos votos é declarado vencedor, não será necessária a realização de uma segunda volta. 

Segundo a agência Lusa, as principais figuras do Partido Democrático (PD), que apoiou António da Conceição, já congratularam Lu-Olo pela vitória eleitoral.

Apoiado pela Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin) e pelo Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), Lu-Olo conseguiu finalmente ser eleito presidente de Timor, dez anos depois da primeira candidatura ao cargo – concorreu em 2007 e também em 2012. O apoio dos principais partidos do país e do ex-presidente Xanana Gusmão ofereceu-lhe o estatuto de favorito, nas eleições de segunda-feira, confirmado nas urnas e admitido pelo próprio.

“Foi realmente decisivo esse apoio de Xanana Gusmão e do CNRT, mas posso dizer que muito mais decisivo foram os militantes e quadros da Fretilin que apoiaram a minha candidatura. Esses sim foram determinantes”, disse o vencedor à Lusa, que sucede a Taur Matan Ruak.

Em Lisboa, uma dos três secções de voto fora do território timorense, Francisco Lu-Olo conseguiu mais de 65% dos votos.