Desporto

Seleção Nacional perde com Roménia e complica Grupo-3

Agora deverá ser mais complicado chegar ao 2º lugar da "poule" e o mais provável é lutar pelo 3º ou 4º lugar

 

A seleção nacional masculina de cadeira de rodas comprometeu hoje (terça-feira) a sua aspiração principal de melhorar o 7º lugar alcançado há um ano na Turquia, a melhor classificação de sempre de Portugal numa Fase de Qualificação Europeia do Campeonato do Mundo de Equipas de Ténis em Cadeira de Rodas.

A jogar pela primeira vez em casa numa Fase de Qualificação, depois da Federação Portuguesa de Ténis (FPT) ter ganho a candidatura à organização deste evento da Federação Internacional de Ténis (ITF), a equipa nacional perdeu hoje com a Roménia por 2-1, na Vilamoura Tennis Academy, no Algarve.

Carlos Leitão, sete vezes campeão nacional, perdeu com Stancu Ionut Filisan por 6-1 e 6-2, mas o atual bicampeão nacional, Jean Paul Melo, que veio do Canadá onde reside para representar o seu país, igualou o confronto, ao derrotar Mihai Gaita por 4-6, 6-4 e 6-1. O terceiro set foi interrompido pela chuva durante cerca de meia hora, quando o português de Montreal já liderava por 3-0.

Houve uma nova paragem para descanso dos jogadores e o embate de pares fez a balança pender para o lado romeno, com Stancu Ionut Filisan (que é simultaneamente jogador e selecionador) a aliar-se a Ciprian Anton, para bater Jean Paul Melo e João Sanona por 6-1 e 6-4. Houve mais equilíbrio do que os parciais deixam transparecer, uma vez que o par português dispôs de 2 pontos para se adiantar para 5-1 no segundo set, e depois teve mais 3 pontos para fazer o 5-2.

Declarações do selecionador nacional, Joaquim Nunes

«Vencíamos por 4-1 e tivemos um 40-15 e depois um 40-0, mas não conseguimos. Os romenos estiveram francamente mais calmos e serenos, e o facto de os nossos jogadores estarem a atuar em casa criou algum stress e alguma ansiedade. Ainda não sabemos gerir essa pressão», admitiu o selecionador nacional, Joaquim Nunes.

«Tínhamos a expectativa de vencer este encontro e aí poderíamos ficar no 2º lugar do Grupo-3, para disputarmos depois, na fase seguinte da prova, o grupo do 5º ao 8º lugar. Agora, o encontro com a Irlanda poderá determinar o 3º e o 4º lugar do Grupo-3 e, para nós, passa a ser uma situação de “vida ou de morte”», acrescentou o capitão.

“Contas” mais complicadas para portugueses

Portugal está no único dos quatro grupos com quatro equipas (os restantes grupos só têm três equipas) e esta “poule” 3 é liderada pelo terceiro cabeça de série, a Hungria, grande favorita a passar às meias-finais. Hoje, a Hungria derrotou a Irlanda por 3-0.

Os irlandeses são os jogadores teoricamente mais fracos do torneio e não só do Grupo-3 e, por isso, o confronto com Portugal, na quinta-feira, poderá, de facto, decidir os dois últimos lugares nesta “poule”, sabendo-se que o 3º classificado ainda irá lutar na fase seguinte pelas posições entre o 9º e o 12º, enquanto o 4º classificado do Grupo-3 já nem joga na fase seguinte.

Portugal defronta amanhã a Hungria

Tudo isto são, porém, conjeturas, previsões, uma vez que amanhã Portugal irá medir forças com a Hungria, a partir das 10h00. Se a secção nacional conseguir a proeza de bater os favoritos “magiares”, então ficará mesmo na discussão pela vitória no Grupo-3 e pela passagem às meias-finais.

Fase Final em Itália, em maio

A Fase de Qualificação Europeia do Campeonato do Mundo de Equipas de Ténis em Cadeira de Rodas, organizada pela FPT e pela Premier Sports, termina com a final de Sábado.

O país vencedor apura-se para a BNP Paribas World Team Cup Wheelchair Tennis, ou seja, a Fase Final deste Mundial, uma autêntica «Taça Davis ou Fed Cup do desporto adaptado», como referiu hoje Alistair Williams, da ITF, recordando que essa Fase Final está marcada para «a Sardenha, em Itália, de 1 a 7 de maio».

Resultados de hoje dos outros grupos

Paulo Oliveira, o juiz-árbitro do evento, que já desempenhou iguais funções no Estoril Open, no Porto Open, no Brazil Open e no Vale do Lobo Grand Champions, realizou ontem o sorteio, estabelecendo como cabeças de série a Polónia (1ª), Áustria (2ª), Hungria (3ª) e Grécia (4ª). São os países favoritos para irem às meias-finais, mas hoje, só a Hungria jogou, batendo a Irlanda por 3-0.

Os restantes resultados de hoje foram os seguintes: Rússia-Estónia, 3-0 (Grupo-2); Suíça-Lituânia, 3-0 (Grupo-1); Israel-Croácia, 3-0 (Grupo-4).

No torneio feminino, como só há três seleções, joga-se apenas um grupo de todos-contra-todos. A Suíça não jogou hoje e a Suécia venceu a Bélgica por 2-1.

A qualidade desta Fase de Qualificação Europeia do Campeonato do Mundo de Equipas de Ténis em Cadeira de Rodas mede-se também pela presença de seis jogadores classificados no top-50 do ranking mundial da ITF para cadeira de rodas.

Para resultados completos, por favor consultar:  

https://www.tietennis.com/Tournaments/VilamouraWorldTeamCupWheelchair/Draws