INE

Preços da habitação aumentam

O índice de preços da habitação aumentou, em 2016, 7,1%. De acordo com o INE, a área metropolitana de Lisboa lidera o mercado, em volume e em montante. 

"Em 2016, o Índice de Preços da Habitação (IPHab) apresentou uma variação média anual de 7,1%. O ritmo de crescimento observado em 2016 foi superior em 4 pontos percentuais (p.p.) ao observado em 2015, verificando-se um crescimento médio dos preços dos alojamentos existentes (8,7%) superior ao dos alojamentos novos (3,3%) ", revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O INE revela ainda que no ano passado “registaram-se 127.106 transações de habitações, mais 18,5% do que em 2015, ultrapassando os 14,8 mil milhões de euros, mais 18,7% que em 2015". Este é o quarto ano consecutivo em que este indicador aumenta. Em 2012 tinha caído até aos 76 mil alojamentos.

A Área Metropolitana de Lisboa concentrou 34,9% do total de vendas efectuadas em 2016, mais 2% que no ano precedente, e captou quase metade do montante. "Os alojamentos transaccionados na Área Metropolitana de Lisboa (em 2016) totalizaram mais de 6,9 mil milhões de euros, o que representa o mais elevado peso relativo (47%) desta região na série disponível", realça o gabinete de estatísticas.