Desporto

"Jogar na Luz é visitar o inferno"

Quem o diz é o técnico José Peseiro, antigo treinador dos dragões, na antevisão do clássico agendado para 1 de abril


Sabe o que é ganhar no estádio dos encarnados, como fez na época passada em que os dragões venceram por 2-1 na visita à Luz. A cinco dias do clássico Benfica-Porto, José Peseiro comentou o ambiente que se vive num jogo de tamanha importância.

"Jogar na Luz é visitar o inferno, o ambiente nos jogos grandes é tremendo, ninguém se consegue ouvir no relvado" relembrou o técnico português, segundo o jornal A Bola.

"Sessenta e cinco mil pessoas nas bancadas criam clima incrível, mas não é o ambiente que vence os jogos", garantiu, de seguida. 

Sobre o vencedor do encontro, José peseiro prefere não adiantar nomes: "É difícil prever um vencedor, as duas equipas estão com muito poder". 

"É um jogo com uma carga emocional muito forte e valorizado no mundo inteiro", garantiu o treinador que se encontra ao serviço do  Al Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos.

Os comentários estão desactivados.