Sociedade

Hora do Planeta teve maior adesão de sempre

Portugal conseguiu o maior número de municípios a aderir

A edição da Hora do Planeta, contra as alterações climáticas, teve a maior participação de sempre em Portugal, com 144 municípios a aderirem e a apagarem as luzes de monumentos, em defesa do ambiente, anunciou esta terça-feira a organização.

A 10.ª edição da Hora do Planeta atingiu um recorde mundial de 3100 monumentos a ficarem às escuras em 187 países e territórios no sábado.

Esta ação simbólica pretende contribuir para a sensibilização dos cidadãos, chamando a atenção para a necessidade de mudar comportamentos de forma a travar as alterações climáticas.

Entre os monumentos que apagaram as luzes, em Lisboa, estão o Santuário do Cristo Rei, a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, o Castelo de São Jorge, o Museu da Eletricidade e a estação ferroviária do Rossio.

Por todo o país foram vários os exemplos de edifícios às escuras a partir das 20:30 de sábado.