Internacional

Copiloto da American Airlines morre pouco antes da aterragem

Causas da morte ainda não são conhecidas

Faltavam poucos minutos para aterrar em Albuquerque, no Novo México nos EUA, quando o capitão do Boeing 737-800 declarou uma emergência médica no cockpit.

O avião da American Airlines, que tinha partido de Dallas, no Texas, aterrou em segurança sem qualquer incidente para qualquer um dos passageiros.

Logo após a aterragem, a equipa médica do aeroporto ainda tentou reanimar o homem que foi identificado como William Grubbs, mas o copiloto acabou por ser declarado morto.

As causas da morte estão ainda por apurar. Um porta-voz da companhia norte-americana já reagiu dizendo que “os pensamentos e preces” estão com a família e com os colegas do copiloto.