Desporto

Nuno Espírito Santo. Versões divergentes sobre a saída de Jonas do Valência

O treinador do FC Porto declarou em conferência de imprensa que a saída de Jonas do Valência já estava decidida quando chegou ao clube andaluz. 

Carlos Bosch, chefe de redação do jornal espanhol Superdeportes, fez um vídeo em que acusa Nuno Espírito Santo de mentir. “Mentes porque disseste que não contavas com Jonas. E como disseste, depois da pré-temporada na Alemanha, que não contavas com Jonas, o Valência decidiu prescindir de Jonas e procurar outro avançado”, defende.

“Nessa lista estavam Llorente, Lukaku… Acabou por vir Negredo, a bomba, porque era do agrado de Nuno e de Rufete, que, na altura, era o diretor desportivo. Não é que o Valência tivesse muito carinho a Jonas, que não tinha, mas a sua saída teve como base a decisão do treinador”, rematou.

O jornalista apelida Nuno Espírito Santo de "olho de Lince". Jonas e o treinador do FC Porto cruzam-se este sábado no Estádio da Luz.