Vida

Júlia Pinheiro escreve texto emocionado sobre Bárbara Guimarães

“Bárbara cometeu dois pecados num único momento: não soube escolher o homem com quem se casou e, pior que tudo, não percebeu quem era o homem de quem se ia divorciar”, lê-se no blogue de Júlia Pinheiro.


A diretora executiva de Conteúdos e apresentadora da SIC, Júlia Pinheiro, escreveu no seu blogue um texto sobre Bárbara Guimarães, com duras críticas a Manuel Maria Carrilho.

A apresentadora escreve no blogue que Bárbara Guimarães se encontra numa encruzilhada. “Exposta ao veneno de um homem, à sua maldade e ao desejo absurdo de uma vendetta que não se sabe onde acabará. Mas sabemos que, seja lá qual for o fim, o conflito entre estes dois cônjuges tem de ser amplificado, gritado em todos os órgãos de comunicação que não tiveram pudor em publicar as declarações de um homem que não soube proteger os filhos da avidez da devassa pública”.

Júlia Pinheiro refere que “o prémio para este péssimo desempenho parental é a humilhação de uma mãe, lançando atoardas e insinuações, ofensas, humilhando tudo e todos, com a baba do rancor e de uma raiva sem fim”.

Para a apresentadora do programa Queridas Manhãs’, “Bárbara cometeu dois pecados num único momento: não soube escolher o homem com quem se casou e, pior que tudo, não percebeu quem era o homem de quem se ia divorciar”.

Quase no fim do texto, Júlia Pinheiro sublinha a força da amiga e escreve que Bárbara tem sido “uma valente, tem aguentado estoicamente o turbilhão. Sorri quando o coração sangra, e um dia vamos de novo vê-la inteira. Sem medo de ser perseguida, sem ser humilhada pelo pai dos seus dois filhos. Esta é a minha esperança e o meu mais profundo desejo”.

Sublinhe-se que Júlia Pinheiro é testemunha de defesa de Bárbara Guimarães no caso que a opõe em tribunal ao seu ex-marido Manuel Maria Carrilho.

Os comentários estão desactivados.