Sociedade

Rapaz de 13 anos atira-se da janela da escola após ‘pressão’ de colegas

Adolescente terá de ficar seis meses numa cadeira de rodas

Um aluno de 13 anos de uma escola básica em Santa Maria da Feira atirou-se da janela do primeiro andar do estabelecimento de ensino, desafiado pelos colegas.

Os colegas tê-lo-ão desafiado a saltar, pressionaram-no e chamaram-no “maricas” até ele se atirar mesmo, afirmou a encarregada de educação do rapaz, citada pelo Correio da Manhã.

Já o Porto Canal cita uma fonte de um estabelecimento próximo da escola, que refere que o aluno saltou por causa de uma aposta, quem saltasse ganhava 10 euros.

A queda de quatro metros provocou-lhe ferimentos e o jovem teve de ser hospitalizado e posteriormente operado, tendo ficado com os dois calcanhares partidos. Esperam-no agora seis meses de recuperação numa cadeira de rodas.

A Direção da escola recusa qualquer responsabilidade no caso, mas a encarregada de educação queixa-se de falta de vigilância.