Conjuntura

Desaceleração económica ao longo do ano

A economia portuguesa deverá desacelerar ao longo do ano. De acordo com o Fórum para a Competitividade “no 1º trimestre a economia terá acelerado ligeiramente de 2,0% para 2,1%, mas não deverá conseguir manter este ritmo ao longo do ano, devendo ficar-se entre os 1,7% e os 2% em 2017”.

A instituição liderada por Pedro Ferraz da Costa prevê que “ao contrário do ano passado, que começou mal, mas acabou melhor à medida que o rendimento disponível ia aumentando suportado por salários e pensões, neste ano poderá dar-se o inverso”, lê-se na nota da conjuntura a que o i teve acesso.

O documento refere que os “indicadores de sentimento económico e de confiança continuam a apontar para uma aceleração no primeiro trimestre de 2017 face ao último trimestre de 2016” pelo que o Fórum para a Competitividade “continua prever uma aceleração do crescimento do PIB no primeiro trimestre para 2.1% em termos homólogos, e um crescimento de 0.4% em cadeia.

Já sobre o PIB para este ano, o Forum ainda tem a estimativa por fechar. Mas avança que “sem a ocorrência de choques externos ou internos que levem a uma queda abrupta da confiança de consumidores e empresas” a atividade deverá “crescer entre 1.7% e 2%”.

No entanto, acrescenta, “é bastante provável que os próximos trimestres registem uma desaceleração do crescimento em cadeia, já que os factores de suporte do final de 2016 e inicio de 2017, fazem já parte do passado – principalmente os aumentos de salários e pensões e reduções de impostos”.