Vida

Luísa Beirão admite ter sido agredida

A modelo emitiu um comunicado onde revela o que se passou e agradece todo o apoio dado.

Na semana passada, a imprensa avançou que Luísa Beirão teria sido internada por ter sido vítima de agressões físicas. O agente da modelo veio a público dizer que esta se encontrava bem mas não prestou declarações quanto às alegadas agressões.

Luísa Beirão emitiu agora um comunicado, onde fala, pela primeira vez, sobre o assunto e onde agradece pelo apoio que tem recebido.

“A recuperar das violentas agressões de que foi vítima na passada semana, Luísa Beirão agradece todo o carinho demonstrado pelas centenas de contactos que tem vindo a receber, e esclarece que embora não comentando habitualmente a sua vida pessoal, os contornos das notícias que têm vindo a público são inaceitáveis e ofensivos para si e para a sua família”, assim começa o comunicado.

“Todos temos o direito de seguir com a nossa vida e não é aceitável sofrer represálias por este facto. É muito triste que assim seja e tudo o que desejo é ser feliz com a minha família”, acrescenta a modelo.

Ainda de acordo com o comunicado, “a brutalidade do ataque que sofreu dentro da sua própria casa na madrugada de dia 30 de março de 2017, está a ser investigada pelas entidades competentes tendo por base os exames feitos pelo departamento de medicina legal”. Luísa Beirão e os filhos, Isabel, de nove anos, e Frederico, de seis, estão “sob proteção 24h por dia para garantir a sua segurança”.