Desporto

Marco Silva viveu no Sporting o melhor momento da carreira

Agora no Hull City, de Inglaterra, o técnico não esquece a vitória no Jamor sobre o Braga em 2014/15

A saída abruta e ainda mal explicada de Marco Silva do Sporting, no fim da temporada 2014/15, não impede o agora treinador dos ingleses do Hull City de lembrar com saudade aquela temporada. Mais precisamente a final da Taça de Portugal, ganha nos penáltis ao Braga, depois de ter estado quase todo o encontro com menos um jogador e a perder por 2-0.

A confissão foi feita numa sessão de perguntas e respostas promovida pela conta de Twitter da SportPesa, empresa de apostas que é o patrocinador oficial do Hull City. "Jogo mais memorável da carreira? Final da Taça de Portugal em 2014/15", respondeu de pronto.

Algumas das perguntas e respostas da sessão:

"P: Diferenças entre a Premier League e os outros campeonatos onde treinou? R: Maior intensidade, grande atmosfera no estádio e maior competitividade.

P: Maiores forças do Hull City? R: Nunca desistir e um espírito de equipa fantástico.

P: O que mais o entusiasma no Hull City? R: O grande desafio de ajudar o clube a manter-se na Premier League.

P: Joga Football Manager? R: Só quando era mais novo.

P: Ídolos no futebol? R: Dois jogadores: Diego Maradona e Javier Zanetti.

P: Gostou mais de jogar ou de treinar o Estoril? R: Sem dúvida treinar! Foi onde a minha carreira de treinador começou e foram os melhores anos da história do Estoril.

P: Se não fosse o futebol, que outra carreira teria seguido? R: Professor de Educação Física.

P: Marcou apenas quatro golo na carreira. Foram todos bons? Lembra-se de todos? R: Sim, lembro-me. Talvez nem todos tenham sido muito bons, mas foram todos importantes. Penso que foram dois cabeceamentos e dois remates de pé direito.

P: Do que tem mais saudades de Portugal? R: Do peixe grelhado português. É muito bom."