Sociedade

Quase 3.000 inquéritos de violência doméstica desde o início do ano

Dados foram divulgados esta sexta-feira pela Procuradoria-Geral da República (PGDL) à agência Lusa.

No primeiro trimestre de 2017, já foram instaurados 2.971 inquéritos por violência doméstica só no distrito judicial de Lisboa, indicou esta sexta-feira a Procuradoria-Geral da República (PGDL) à agência Lusa.

Segundo os dados da PGDL, estavam pendentes desde o ano anterior 4.991 inquéritos. Somando os casos pendentes aos novos inquéritos, a PGDL indica que, de momento, há 7.962 processos por violência doméstica em curso.

Nos primeiros três meses do ano, “foi deduzida acusação em 536 inquéritos, dos quais 47 para julgamento em tribunal coletivo, e foram arquivados 3.334 processos, 234 dos quais foram suspensos provisoriamente”, escreve a Lusa.

O distrito judicial de Lisboa é composto pelas comarcas de Lisboa, Lisboa Oeste, Lisboa Norte, Madeira e Açores.