Desporto

Mundial 2026. EUA, Canadá e México anunciam candidatura conjunta

Decretos anti-imigração de Donald Trump, todavia, podem condicionar a decisão final da FIFA

"Um marco para o futebol norte-americano e para a CONCACAF". Foi assim que Sunil Gulati, presidente da federação dos Estados Unidos, definiu o anúncio da candidatura conjunta de Estados Unidos, Canadá e México à organização do Mundial 2026, o primeiro a ter 48 equipas - de acordo com a vontade do presidente da FIFA, Gianni Infantino.

Pode haver, porém, um problema a condicionar a candidatura: os decretos anti-imigração do novo presidente americano, Donald Trump, vistos por alguns países e organismos mundiais como violadores dos direitos humanos.