Desporto

França. Adeptos do Bastia fazem motim e culpam Anthony Lopes (com vídeo)

Cenas inacreditáveis na Liga francesa. Jogo com o Lyon acabou por ser interrompido ao intervalo

Cenas inacreditáveis que chegam da Liga francesa, uma das mais profissionais do mundo. O jogo entre o Bastia, orientado pelo português Rui Almeida, e o Lyon, que tem como guarda-redes titular o internacional luso Anthony Lopes, foi interrompido ao intervalo, depois de alguns adeptos da equipa da casa entrarem em campo para provocar e confrontar os jogadores adversários, entre os quais o guardião português, que se havia desentendido com um dirigente do Bastia.

.@scbastia 0-0 @OL
En zoomé, l'altercation avec #Lopes #TeamOL #SCBOL pic.twitter.com/5xMKgKIOCl

— OL_Plus (@OL_Plus) April 16, 2017

 

Entetanto, o Bastia reagiu, garantindo que foi Anthony Lopes a provocar os seus adeptos. Ainda assim, os incidentes graves não se ficaram por aqui. Na sequência desta confusão, o jogador Diakhaby foi vítima de uma tentativa de agressão por parte de um... steward do Bastia, que deveria estar responsável pela segurança dos jogadores... 

.@scbastia - @OL
On vous invite à suivre le stadier qui traverse le haut de l'écran #TeamOL #SCBOL pic.twitter.com/124YUUyTX7

— OL_Plus (@OL_Plus) April 16, 2017

 

Os problemas, todavia, já haviam começado ainda antes do apito inicial. Enquanto os jogadores do Lyon aqueciam, um adepto do Bastia entrou no relvado para provocar Memphis Depay, extremo holandês que em janeiro trocou o Manchester United de José Mourinho pelo conjunto francês. O jogador não recuou, o que acabou por provocar a ira de vários outros adeptos da equipa da casa, que decidiram então irromper também pelo relvado, tentando agredir os jogadores do Lyon. Entre os quais Anthony Lopes. Os atletas decidiram então regressar aos balneários, tendo o jogo começado cerca de 40 minutos depois da hora inicialmente agendada.

.@SCBastia - @OL
La séquence de l'agression dans la longueur#TeamOL #OL #SCBOL pic.twitter.com/JEfygNNWpB

— OL_Plus (@OL_Plus) April 16, 2017

 

Com os incidentes do intervalo e a decisão do ábitro em cancelar o encontro, os jogadores do Lyon regressaram ao autocarro, mas acabaram por ter de voltar para os balneários por motivos de segurança. A Federação francesa já pediu entretanto ao Bastia para fazer os possíveis de modo a que a equipa visitante possa retirar-se do estádio sem temer pela segurança da comitiva.